Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Design’ Category

A música Chega de Saudade, lançada num LP (bisavó do mp3), pela cantora Elizete Cardoso, em abril de 1958, é considerada por muitos o marco do nascimento da Bossa Nova. Contudo, pode-se dizer que o embrião, para o rebento, foi gerado nove anos antes, mais precisamente em fevereiro de 1949, na rua Doutor Moura Brito número 74, Rio de Janeiro, com a criação do Sinatra-Farney Fan Club.O local abrigava moças e rapazes que as vésperas do carnaval não estavam interessados em cuícas e marchinhas. Ali nascia o fã clube dos cantores Frank Sinatra e Dick Farney, o primeiro americano e o segundo, apesar do nome, brasileiro, que há alguns anos vivia fora do país.

 Este fã clube pode ser considerado o embrião, pois foi nele que  ocorreu a  primeira tentativa da juventude carioca em fazer e discutir música, além disso, por lá circularam nomes que foram importantíssimos para a Bossa Nova, e pessoas ligadas à arte de um modo geral. Passaram para beber e falar de música, no considerado berço da Bossa Nova: Tom Jobim, João Donato, Vinicius de Moraes, Jô Soares e Carlos Manga –cineasta e diretor de tv.

O nome Bossa Nova, segundo a lenda, teria sido dado por uma secretária, as vésperas de um show em uma faculdade carioca. Muito se especula, mas pouco se sabe de verdade sobre o episódio que deu nome ao movimento que tinha entre os tais jovens modernos: Ronaldo Boscoli, Carlos Lyra e Roberto Menescal, entre outros.

O intuito destes jovens músicos e instrumentistas era criar um estilo musical que acompanhasse o espírito de mudança que estava no ar na política com JK, na arquitetura de Oscar Niemeyer, por exemplo. As músicas da Radio Nacional, bem como o exagero, tanto estético como musical dos cantores de “vozeirão”, entre eles Cauby Peixoto, não dizia nada a estes jovens.

A modernidade batia à porta; cantores e instrumentistas que representavam este momento eram cultuados, por essa juventude classe média carioca. A idéia era fazer com que o samba tivesse um rosto moderno e despojado.  E para representar os novos tempos o cool jazz – estilo marcado por figuras como o trompetista Miles Davis (1926-1991) caiu como uma luva. Outro estilo, de semelhante importância, foi o be-bop –uma concepção jazzística mais recente.

Com a mistura de samba e jazz, a retirada do exagero e do vozeirão e uma juventude que determinada a ter uma nova identidade cultural, nascia a Bossa Nova, o maior movimento cultural que este país viu. Ruy Castro, no livro Chega de Saudade (Companhia das Letras, 464 pg), diz que a febre era tanta que as empresas começaram a usar o nome Bossa Nova em seus produtos desde marcas de geladeiras até empreendimentos imobiliários. Assim, através do Jazz, se deu a mistura inicial para  o boom da Bossa Nova.

 

Abaixo um vídeo da música Chega de Saudade. Cantada por João Gilberto e sua filha Bebel Gilberto, ainda adolescente; uma preciosidade. Depois vote em nossa enquete.

 

 Denis Silva

Fonte: CASTRO, Ruy. Chega de Saudade – A Histórias e as histórias da Bossa Nova. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

Read Full Post »

Arnaldo Antunes

Arnaldo Antunes

Fonte: http://www.arnaldoantunes.com.br

Quem é Arnaldo Antunes?

Músico, poeta e artista visual brasileiro, mais conhecido por sua participação como integrante do grupo de rock Titãs. Em suas principais áreas de atuação artística, a música, a poesia e a arte visual, demonstra a influência de sub-gêneros modernistas ou pós-modernistas.

(Paula Cristina)

Read Full Post »